domingo, 28 de junho de 2015

Sopa de Abóbora com Gengibre, Limão e Leite de Côco

Esquenta de verdade! Ótima para o inverno e fácil de fazer. Como em toda sopa cremosa que faço, coloco um ou dois inhames brasileiros. São bons pois dão cremosidade sem alterar os sabores dos ingredientes principais.  Pode substituir por batata se não encontrar o inhame.


Ingredientes:

  • 700 g de abóbora
  • 200 g de inhame ou batata
  • 2 dentes de alho
  • 1 cebola pequena
  • gengibre a gosto
  • raspa e suco de meio limão
  • 200 ml de leite de côco
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • sal e pimenta a gosto



Escolha a abóbora de sua preferência. Existem variedades mais doces que outras. Pode misturar vários tipos de abóbora também. Descasque a abóbora e os inhames e corte em cubos. Pique a cebola, o alho e um pedaço pequeno de gengibre (1 colher de sopa, aproximadamente).



Refogue o alho, a cebola e o gengibre no azeite, Acrescente a abóbora e o inhame. Junte caldo de legumes ou água, um pouco de sal e pimenta e cozinhe em fogo baixo até que os legumes estejam macios. Isso deve levar uns 20 minutos. Deixe esfriar e passe no liquidificador com pouco líquido pois ainda vai acrescentar o leite de côco que dilui um pouco a sopa. Como tudo que se passa no liquidificador, a sopa deve voltar para o fogo para uma fervura final. Se não ferver pode azedar!



Essa é a hora de acrescentar o leite de côco e mais gengibre (agora ralado!). Ferva em fogo baixo para não grudar no fundo da panela. Com o fogo já desligado, acrescente a raspa e o suco de meio limão. Equilibre os sabores doce (da abóbora), picante (do gengibre), ácido (do limão) e salgado conforme o seu gosto. Nenhum deve dominar demais. Corrija o sal se necessário.



Sirva quente com um fio de leite de côco para enfeitar. Dura uns 4 dias na geladeira sem problemas. Esquente somente a porção que vai usar e coloque um pouco mais de limão fresco na hora de comer. Bom Apetite!

sexta-feira, 12 de junho de 2015

Berinjela Gratinada

Sobrou um pedaço de queijo na geladeira?  Coloque sobre rodelas de berinjela e pronto! Acompanhamento perfeito para tudo. Dá pra comer até com pão!


Ingredientes:

  • 1 berinjela grande
  • 2 tomates 
  • 100 g de queijo em fatias finas
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • ervas a gosto
  • sal e pimenta a gosto


Lave e seque a berinjela. Corte em rodelas ou em meias-luas. Numa assadeira untada, coloque as rodelas, coloque sal, pimenta, azeite e ervas a seu gosto (tomilho e alecrim funcionam bem pois resistem ao calor). Leve ao forno médio por 10 minutos.



Corte os tomates e coloque sobre as fatias de berinjela. Em seguida mais ervas. Nessa hora pode ser uma erva mais delicada como manjericão ou salsa pois vai estar protegida pelo queijo. 



Um pouco mais de azeite e as fatias de queijo por último. Mais um fio de azeite e vai para o forno novamente por 5 minutos apenas!



Umas folhinhas de manjericão fresco para enfeitar e pronto! Acompanha bem as carnes em geral e fica ótimo para um lanche leve sobre uma fatia de pão integral levemente torrado. Bom apetite!

domingo, 7 de junho de 2015

Batatas Assadas

É uma tentativa bem sucedida de substituir as famosas batatas fritas! Quem me passou esta receita foi minha aluna de piano Bárbara de 11 anos. Comeu essas batatas no almoço e me contou como eram feitas. Testei e aprovei!  Valeu Bárbara!


Ingredientes:
  • 1/2 Kg de batatas variadas (batata comum, batata doce, batata baroa, batata roxa, etc.)
  • 3 colheres de sopa de azeite de oliva
  • 1/2 de xícara de flocos de milho finos pré-cozidos (no Brasil, Milharina)
  • sal e pimenta a gosto



Lave e escove bem as batatas. Elas serão usadas com a casca. Ficam mais saborosas, mais crocantes e mais nutritivas. Corte todas elas em bastões não muito finos.



Deixe de molho em água fria por uns 5 minutos para retirar o excesso de amido. Embrulhe em um pano limpo e enxugue bem.



Numa tigela grande, tempere com sal e pimenta e regue abundantemente com azeite.  Misture bem com as mãos. Polvilhe os flocos de milho e misture novamente até que todos os pedaços das batatas estejam completamente cobertos pelos flocos. Farinha de polenta pré-cozida deve servir.


Disponha as batatas numa assadeira untada de modo que fiquem bem espalhadas. Não encha demais a assadeira. Leve ao forno médio pré-aquecido por 25 a 30 minutos. Desligue e retire do forno para não ficarem muito secas. Se quiser, coloque um dente de alho cortado ao meio para assar junto com as batatas.



Aí estão elas. Crocantes por fora e macias por dentro!  Um pouco mais de sal por cima na hora de comer. Uma delícia!

sábado, 6 de junho de 2015

Sopa de Beterraba com Hortelã

A beterraba é uma raiz muito doce e precisa de muitos temperos fortes. Nesta sopa, carregue na pimenta e no hortelã!  Ótima para o inverno!


Ingredientes:

  • 5 beterrabas médias (700 g aproximadamente)
  • 2 inhames (pode substituir por batatas)
  • 2 cebolas roxas
  • 2 dentes de alho
  • 2 folhas de louro
  • 1 ramo de alecrim
  • 1 ramo de tomilho
  • meia xícara de folhas de hortelã
  • 1 colher de chá de pimenta do reino moída ou uma mistura de pimentas ao seu gosto
  • 1/4 de xícara de vinho tinto seco
  • 3 colheres de sopa de azeite
  • sal a gosto



Descasque as beterrabas e os inhames e corte em cubos médios. O inhame brasileiro não tem um sabor muito ativo e por isso não interfere no sabor dos outros legumes. Entretanto, confere aos cremes, purês e sopas muita cremosidade e suavidade. Pique as cebolas e os dentes de alho e refogue no azeite. Acrescente a  beterraba e o inhame, junte o vinho tinto e cubra com água ou um bom caldo de carne caseiro. Coloque somente a metade do hortelã e o restante das ervas.



Tempere com sal e pimenta e deixe cozinhar em fogo médio até que a beterraba e o inhame estejam macios. Deixe esfriar um pouco e passe no liquidificador ou use um mixer para triturar tudo. Não esqueça de tirar as folhas de louro e os talos mais grossos das ervas. Nesse momento coloque o restante do hortelã. O sabor fica mais intenso se colocado crú. Volte com a sopa para o fogo e dê uma ligeira fervura em fogo baixo, tomando cuidado para não grudar no fundo. Atenção: toda sopa que é passada no liquidificador deve ser fervida para não azedar.



Sirva bem quente! Se quiser pode colocar um pouco de creme de leite e mexer ligeiramente para dar o efeito marmorizado do branco com o vermelho vivo da sopa!